Existe um comércio predatório de marfim do elefante africano. Que tem um significado de extrema importância para as espécies destes animais que correm, até mesmo, risco de extinção. A utilidade do marfim no cotidiano das pessoas faz com que a venda seja lucrativa para determinadas comunidades. 
Nesta postagem trouxemos um artigo que fala dessa situação distante de nós, mas ao mesmo tempo perto das nossas angústias. 


A complicada natureza do comércio de marfim Africano


A complicada natureza do comércio de marfim Africano: Possíveis soluções para conter a natureza destrutiva da caça furtiva e promover a conservação do elefante. 
A situação atual e a conservação de elefantes na África é extremamente ambígua e cheia de muitas incertezas. 

Marfim
Elefante Africano - Wikimedia Creative Comonns

O objetivo do trabalho é investigar as fontes desta complicação, que resulta de uma ampla variedade de assuntos, incluindo (mas não limitado a) geopolítica, o imperialismo, a legitimidade governamental, política externa, e hoje em dia as influências ocidentais.


Comércio do marfim


Além disso, o texto também considera certas ramificações ecológicas do comércio de marfim Africano ilícito atualmente e lança luz não apenas sobre os problemas relacionados com a caça ilegal, mas também a pressões estranhas, internas e externas, que estão causando uma alta demanda pelo marfim.
Através de tais análises, este trabalho investiga possíveis soluções para reduzir a caça ilegal e estimular a conservação do elefante Africano, bem como aliviar os países africanos de estresse pós-imperialista, concedendo-lhes maior autonomia sobre o assunto.

Confira o artigo na íntegra

Por Ronaldo Silva

Fonte: Jonah M. Williams Rutgers, The State University of New Jersey
Imagem: Por The author is nickandmel2006 on flickr - Transferido de en.wikipedia para o Commons., CC BY-SA 2.0, https://commons.wikimedia.org/w/index.php?curid=2281482

Compartilhe esta postagem em suas Redes Sociais!

.
Aproveite e veja outras publicações!
Confira as mais lidas na barra lateral.
Para enviar material clique em publique no menu superior.



Licenciado sob Creative Commons License Creative Commons Attribution 4.0 International License.

0 comentários:

Postar um comentário

 
Top